Sinais e sintomas de impotência

Dependendo de quando ocorreu a impotência, pode ser primária e secundária. No primeiro caso, uma ereção em meninos não ocorre de maneira alguma. No segundo, ocorreu, mas enfraquecido ou ausente ao longo do tempo. Antes de descrever os sintomas, é importante destacar a chamada impotência fisiológica ou relacionada à idade, que se desenvolve com a idade. Linhas claras para indicar a impotência não existem, como um homem em qualquer idade continua a ser um homem no sentido pleno da palavra. Os principais sintomas que devem causar preocupação são:

Capacidade erétil diminuída ou ausente. Isto significa que os homens em idade reprodutiva que sofrem de impotência não são capazes de levar o pênis a um estado de tensão, apesar do forte desejo;

Ereção inadequada – o pênis aumenta de tamanho, mas não consegue atingir a consistência necessária para a relação sexual;

A incapacidade de manter uma ereção durante o tempo necessário para a duração normal da relação sexual, especialmente quando a ejaculação não é alcançada;

Ejaculação precoce, que ocorre em homens maduros com ampla experiência sexual;

A ausência de ereção involuntária de manhã ou de noite;

Diminuir ou completar a ausência de libido (desejo sexual) e a impotência sexual associada.

Para fazer um diagnóstico de disfunção erétil, um dos sintomas listados é suficiente. Quanto maior o seu número, mais difícil é eliminar os mecanismos de seu desenvolvimento. Há casos em que a impotência é temporária ou regular, sendo o resultado lógico de alterações fisiológicas no corpo masculino. Imediatamente digno de nota sobre eles.

Você não pode ser considerado redução da impotência da função erétil no contexto de atividade sexual excessiva. Sob condições de irritação constante das estruturas receptoras do cérebro, seios venosos do pênis e seu aparato de troca, a resistência se desenvolve com absoluta insensibilidade a quaisquer influências irritantes. A duração desse estado pode atingir diferentes tempos e depende, em primeiro lugar, das cargas transferidas. Quanto maiores forem, mais longa será a disfunção erétil. Depois de um certo tempo, tudo é restaurado por si mesmo.